Como Planejar o Futuro Pessoal e Profissional e Alcançar o Sucesso

por Tasso Lago, em 12 de abril de 2022

Engenheiro, Pós Graduado em Finanças Corporativas pela COPPEAD/UFRJ e Mestre em Corporate Finance pela Université de Bordeaux. Atuou como Analista Financeiro para o Banco da IBM - USA e para Fundação Getúlio Vargas como Inteligência de Mercado. Professor de Blockchain e Criptomoedas na COPPEAD/UFRJ. Atua como Gestor de Portfólio e Consultor Financeiro, tendo mais de 10 milhões de reais em ativos gerenciados.




Uma das coisas mais importantes que se pode fazer na vida é planejar o futuro. Ter planos, metas e traçar estratégias para alcançá-las é a melhor forma de se manter em um caminho de sucesso.

Além disso, você também se prepara para as possíveis surpresas que a vida pode colocar no seu caminho e consegue encarar as situações da melhor maneira possível. Então, se você quer saber como planejar o seu futuro, continue a leitura.

Por que planejar o futuro?

planos para o futuro

A pergunta mais feita quando o assunto é futuro, é por que planejá-lo. Vamos tentar explicar da forma mais simples possível.

Quando você planeja o seu futuro, você coloca metas e objetivos a serem alcançados. E isso tem uma importância vital. Porque você já sabe onde você quer chegar.

Quando você sabe o seu destino, seja na vida pessoal ou profissional, fica muito mais fácil traçar os caminhos para chegar lá.

A melhor comparação que podemos fazer para que tudo fique claro é com uma viagem. Quando você vai viajar, a primeira coisa que você escolhe é o destino. Até mesmo um mochilão tem seu ponto de partida, ou seja, o primeiro destino.

Então, com o destino da viagem definido, fica muito mais fácil traçar o resto das coisas para que ela aconteça da melhor forma possível, sem imprevistos. Essa é a importância de planejar o seu futuro. Você consegue enxergar os caminhos e prever situações mais complexas. Aquelas que são inevitáveis, você enxerga antes e acha uma solução rápida. Aquelas que você pode evitar, você evita.

Qual a importância de planejar o futuro?

O ponto mais importante de se planejar o futuro está no fato de que você sempre estará mais preparado para as situações que a vida apresenta para você.

Parece um pouco filosófico falar dessa forma, mas essa é a realidade. Quando você tem um planejamento, você tem uma linha guia para a sua vida.

Então, é mais fácil não só prever os imprevistos como lidar com eles. 

E isso vale para a sua vida pessoal, financeira ou profissional. Com um bom planejamento, você consegue lidar com elas da melhor forma possível.

Planejar ajuda você a administrar seu tempo, seus esforços e o seu dinheiro. E quanto melhor você administra essas coisas, mais você consegue fazer com que eles joguem ao seu favor. 

  • Leia também: Como identificar e se proteger de pirâmide financeira?
  • 3 Razões para fazer planos para o futuro profissional

    Quando o assunto é o seu futuro profissional, podem surgir algumas dúvidas quanto ao planejamento. Até porque nem todo mundo tem clareza da profissão a ser seguida, principalmente na juventude.

    Mas, para te ajudar a entender a importância de um planejamento profissional, vamos dar três razões para você fazer planos.

    1 – Manter o foco

    Imagine que os seus objetivos são o seu norte. Sejam eles quais forem. O seu planejamento vai funcionar como uma bússola, que sempre estará apontando para o norte. Um bom plano de carreira vai te direcionar para os seus objetivos e te dar mais consciência sobre o que e como fazer.

    Muitos profissionais de sucesso atualmente tem bons planejamentos profissionais, mas isso não quer dizer que eles começaram a vida profissional assim. Entender exatamente o que você quer é um processo, alguns descobrem mais cedo, outros demoram mais para descobrir o que querem.

    E o mais importante, o planejamento deve sempre ser um norte, mas nunca algo engessado. Oportunidades surgem ao longo da vida e se você entender que elas são boas, deve aproveitar. Seus planos podem ser alterados ao longo do tempo

    2 – Autoconhecimento

    Não adianta você pensar em  fazer um planejamento sem saber onde você quer chegar. Planejar é, também, um exercício de autoconhecimento

    Em resumo, a gente pode repetir a comparação com uma viagem. Mas olhando outros aspectos. Entender a si mesmo é pensar em algo como “em que tipo de lugar me hospedar? Num hostel ou num hotel 4, 5 estrelas?”, por exemplo. 

    Nesse processo de autoconhecimento você vai entender melhor quem você é e, por consequência, o que você quer para si. Vai descobrir naquilo que você acredita, quais as suas habilidades, seus pontos fortes e fracos. Tudo isso remete ao seu perfil, que vai te direcionar para uma determinada área de trabalho e, a partir das suas crenças, a um determinado cargo ou objetivo de profissão.

    É nesse momento que você encontra o seu rumo e as coisas ficam ainda mais claras quanto o caminho a ser percorrido.

    3 – Melhora a tomada de decisões.

    A incerteza é, na maioria das vezes, o motivo das escolhas erradas. E quando você tem dúvidas, a chance de que as opiniões alheias levem você a um caminho profissional muito diferente do que aquele que você realmente quer é bem alta.

    Se você fizer uma busca na internet, vai achar uma série de relatos de profissionais que mudaram drasticamente o rumo das suas carreiras em busca de uma coisa: realização profissional e pessoal.

    Há atores que deixaram a vida de artista para se tornarem empresários, jornalistas que largaram uma carreira promissora para ter um restaurante, advogados que passaram a investir na área de tecnologia…

    As histórias são muitas e das mais variadas possíveis. Mas elas se encontram em um ponto: as pessoas não estavam 100% certas da profissão que escolheram. Além disso, os objetivos mudam com o passar dos anos e aquilo que parecia bom em um momento, já não parece mais a melhor escolha.

    O importante, nesse processo, é que essa tomada de decisão, tanto na escolha da carreira quanto uma eventual mudança aconteça de dentro para fora e não o oposto. Essa tomada de decisão deve ser feita, em primeiro lugar, com base naquilo que você acredita que é melhor para você.

    Isso também vai te ajudar a tomar decisões na sua vida pessoal. A partir do momento que você entende que as decisões devem vir de dentro, as coisas começam a clarear. 

    Mas é importante dizer aqui que a opinião do seu cônjuge, por exemplo, não deve ser ignorada. Pelo contrário. Decisões familiares devem ser tomadas em conjunto. O que salientamos é que tudo que diz respeito unicamente a você, deve partir de você.

  • Leia também: Como começar a investir
  • planos para o futuro pessoal e profissional

    Descreva quais seus planos para o futuro usando a estrutura de sucesso

    A estrutura de sucesso é um conjunto de passos que é pensado para levar o seu negócio ao sucesso, mas, você pode adaptar também para a sua vida pessoal.

    Ela se baseia nos seguintes conceitos: planejamento, avaliação de riscos e prevenção de problemas.

    Claro, estamos falando aqui de uma forma simplificada. O planejamento envolve desde a pesquisa de mercado para o seu negócio até a abertura dele, que envolve burocracias e gastos.

    Já a avaliação de riscos é onde você detecta todos os riscos que o seu negócio pode ter, desde a concorrência excessiva até a necessidade de adaptação de determinados processos para se adequar melhor ao que o público necessita. O que passa também pelo atendimento e os processos internos, que devem ser avaliados para estar em constante aprimoramento.

    Então vem a prevenção de problemas. Com todos os riscos avaliados e detectados, você trabalha para prevenir que eles aconteçam. Nem sempre é possível, percalços surgem pelo caminho e é normal que isso aconteça. Mas quando você já sabe o problema, fica mais fácil de contornar.  E esse é o foco.

    Trazendo isso para a sua vida pessoal, no planejamento você define seus objetivos de vida, como comprar uma casa, por exemplo. Na avaliação de riscos, você busca entender os problemas que podem surgir tanto com a parte financeira, caso seja um financiamento, quanto com o imóvel em si, que pode apresentar algum problema.

    A prevenção desses problemas é onde você atua para que eles não aconteçam. Seja juntar dinheiro para diminuir a parcela do financiamento, seja criar um fundo para obras na sua casa a fim de evitar problemas futuros, tudo isso faz parte desse planejamento.

    Agora que você entendeu como é importante planejar o seu futuro, é hora de começar a planejar o seu

    Tabela de Conteúdos