Diretor indicado ao Oscar vai produzir filme sobre criação do Ethereum

por Carol Fernandes, em 25 de abril de 2022

Graduada em Publicidade e Propaganda pela UNIB/SP e Produtora de Multimídia pelo SENAC/SP. Atuou mais de 12 anos em diversas empresas de tecnologia e em multinacionais na área de marketing. Atualmente é produtora de conteúdo e educadora cripto no canal Carolinvest.




O diretor britânico Ridley Scott será o responsável por levar a história da criação do Ethereum (ETH) aos cinemas. De acordo com a jornalista Camila Russo, Scott foi escalado na produção de “The Infinity Machine” (A Máquina Infinita, em tradução livre), um filme sobre a fundação da rede Ethereum.

A obra cinematográfica será uma adaptação do livro de mesmo nome publicado por Russo em 2020 e tem como foco a visão de Vitalik Buterin. Na obra, a jornalista explora como foi o processo de criação da segunda maior blockchain do mundo, desde a ideia inicial até a execução.

Scott, famoso por dirigir grandes filmes como Alien (1979) e Gladiador (2000), tem um estilo que mescla épico, suspense e ficção científica. Ou seja, a história do Ethereum é ideal para ser levada aos cinemas sob a orientação do diretor.

Nem Scott nem Russo divulgaram mais detalhes sobre a obra, que ainda não possui data de lançamento.

Ridley de Gladiador Scott para tomar Etherum para Hollywood

Ao longo de sua carreira de sucesso, Scott digiriu filmes vencedores do Oscar, incluindo “Alien”, Gladiador, Bem-vindo à Marte e outros. O diretor foi indicado três vezes ao Oscar de Melhor Direção, mas não venceu nenhuma. Contudo, levou o Oscar de Melhor Filme em 2000 por Gladiador.

The Infinity Machine terá Scott na produção ao lado de Tom Moran, Vera Meyer e outros. A direção do filme ficará a cargo do indiano Shyam Madiraju, que possui apenas dois filmes no currículo. Sua média de aprovação é 4,7 de 10, de acordo com o Internet Movie Database (IMDb).

Por CriptoFacil