Mulher Mais Rica do Mundo: Você sabia que era ela?

por Tasso Lago, em 15 de março de 2022

Engenheiro, Pós Graduado em Finanças Corporativas pela COPPEAD/UFRJ e Mestre em Corporate Finance pela Université de Bordeaux. Atuou como Analista Financeiro para o Banco da IBM - USA e para Fundação Getúlio Vargas como Inteligência de Mercado. Professor de Blockchain e Criptomoedas na COPPEAD/UFRJ. Atua como Gestor de Portfólio e Consultor Financeiro, tendo mais de 10 milhões de reais em ativos gerenciados.




Todos os anos, a revista Forbes publica uma lista que exibe os nomes das pessoas mais ricas, poderosas e influentes do mundo. E entre essas pessoas, claro, sempre há o nome de mulheres que ostentam verdadeiras fortunas. Quer conhecer como cada uma delas e descobrir como elas chegaram a esse patamar de riqueza?

Veja abaixo quem são as mulheres mais ricas do mundo!

Quais as 10 mulheres mais ricas do mundo?

Nada é mais empolgante para uma mulher do que ver que outras mulheres conseguiram lugar de destaque no mundo dos negócios ou da fama. E, mesmo que algumas das mulheres mais ricas do mundo tenham herdado boa parte da sua fortuna, é relevante citar que manter um grande patrimônio e fazer com que ele cresça, não é tão fácil quanto pode parecer.

Abaixo, você conhecerá as 10 mulheres mais ricas do mundo, saberá como elas conquistaram suas fortunas e o que têm feito para manterem suas posições entre as pessoas mais poderosas economicamente ao redor do globo. Acompanhe!

10. Iris Fontbona e família

Em décimo lugar da lista das mulheres mais ricas do mundo está Iris Fontbona, herdeira da fortuna de Andrónico Luksic, de uma das controladoras da mineradora chilena Antofagasta e detentora de participações do conglomerado Quiñenco, que atua no setor de cervejas, manufatura e bancos.

9. Gina Rinehart

Gina Rinehart é a mulher mais rica da Austrália e a nona mulher mais rica do mundo, com uma fortuna estimada entre US$ 21,9 e US$ 22,4 bilhões. Também é herdeira de Lang Hancock e presidente da Hancock Prospecting Group, empresa de mineração e agricultura, além de ser investidora do mercado de cannabis medicinal.

8.  Yang Huiyan e família

Com US$ 22 a U$23.5 bilhões em patrimônio estimado, a discreta Yang Huiyan é a mulher mais rica da Ásia e a única chinesa entre as mulheres mais ricas do mundo, ocupando a oitava posição da lista da Forbes.

Huiyan é presidente da Bright Scholar Education Holding, empresa que administra negócios educacionais na China, além de ser participante do conselho de administração e titular de 57% da Country Garden Holdings, empresa do ramo imobiliário fundada por Yang Guoqiang, seu pai.

7. Susanne Klatten

Com uma fortuna estimada entre U$29,2 e US$ 30 bilhões, a alemã Susanne Klatten é a sétima mulher mais rica do mundo, sendo uma das diretoras da empresa de produtos químicos Altana AG e titular de 20% das ações da multinacional BMW, o que a torna uma das principais acionistas da companhia. Além disso, é, juntamente com seu irmão, herdeira de quase metade da empresa multibilionária.

6. Miriam Adelson

Herdeira de seu marido Sheldon Adelson, Miriam Adelson, médica e doadora de valores gigantescos a causas políticas conservadoras, se tornou, em janeiro de 2021, a sexta mulher mais rica do mundo, com uma fortuna estimada entre US$ 32,2 e US$ 38 bilhões e o controle de 56% (ou 58%, não se sabe ao certo) da operadora de cassino Las Vegas Sands Corporation.

5. Jacqueline Mars

Considerada a quinta mulher mais rica e a trigésima quinta pessoa mais rica do mundo pela Forbes, Jacqueline Mars é dona de um terço da Mars e possui uma fortuna estimada em US$ 33,6 bilhões.

A Mars é a maior fábrica de doces do mundo, uma das mais importantes companhias de capital fechado dos Estados Unidos, empregando mais de 70 mil pessoas de diversos países e possuindo os direitos sobre marcas como Skittles, Snickers, Twix e M&Ms.

4. MacKenzie Scott

Segundo a Forbes, MacKenzie Scott é a quarta mulher mais rica do mundo, com patrimônio estimado entre U$46,9 e U$57 bilhões, sendo que parte deste valor foi obtido quando se divorciou, em 2019, de um dos três homens mais ricos do mundo: Jeff Bezos, fundador da Amazon.

A bilionária, que também é escritora, é conhecida por doar valores astronômicos a causas humanitárias e projetos sociais, tendo, inclusive, doado mais de R$ 4 milhões à ONG Vetor Brasil.

Considerada uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, Scott deixou 75% de suas ações na Amazon para Bezos quando se divorciou, aceitando ficar com apenas 4% de participação na empresa, correspondentes, à época, a US $38 bilhões.

3. Julia Koch

Dona de uma fortuna de aproximadamente US$ 54 bilhões, Julia Koch é a terceira mulher mais rica do mundo e recebeu grande parte dos seus bilhões em 2019, quando recebeu a herança de 42% da Koch Industries (uma das maiores empresas dos Estados Unidos), do ex-marido David Koch, com quem começou a namorar em 1996.

Antes de se casar com Koch, Julia era estilista e assistente de moda da ex-primeira dama Nancy Reagan. Além disso, também trabalhou (até 1993) como assistente do estilista italiano Adolfo Sardiña.

2. Alice Walton

A segunda mulher mais rica do mundo, Alice Walton, economista formada no Texas e uma das principais herdeiras de Sam Walton, bilionário fundador do Walmart e do Sam’s Club, possui uma fortuna estimada entre US$ 64.1 e US$ 66,5 bilhões, já tendo ocupado a 1ª posição entre as mulheres mais ricas do globo.

Alice é responsável por duas grandes instituições filantrópicas: a Walton Family Foundation e a Alice L. Walton Foundation, além de apoiar artistas americanos através do Crystal Bridges Museum of American Art.

1. Françoise Bettencourt

Eis aqui a mulher mais rica de todo o mundo: Françoise Bettencourt Meyers! Francesa, dona de US $80,3 bilhões, herdeira e membro do conselho administrativo da L’Oréal, é considerada, também, uma das 15 pessoas mais ricas de todo o mundo. Abaixo, você poderá saber mais sobre ela.

Qual a mulher mais rica do mundo?

Como citado acima, a mulher mais rica do mundo é uma francesa chamada Françoise Bettencourt Meyers. E boa parte da sua fortuna vem da sua herança e trabalho na multinacional de cosméticos L’Oreal. Porém, não é só da marca de cosméticos que vem seu patrimônio. Meyers também é escritora e dona de parte da Nestlé.

O que a mulher mais rica do mundo faz?

Françoise Bettencourt Meyers é herdeira da L’Oréal, uma das maiores marcas de cosméticos do mundo, mas não é só da herança que é feita sua fortuna. Meyers opina diretamente em tudo que soa importante dentro da empresa, já que faz parte do conselho administrativo da multinacional.

Além disso, Françoise é dona de parte da Nestlé e de outras empresas, se dedica a escrever livros e à filantropia, doando valores consideráveis para causas diversas, como a reconstrução da igreja de Notre Dame, após o incêndio que a devastou.

Qual a artista mais rica do mundo?

A artista mais rica do mundo é a cantora caribenha Rihanna, dona de uma fortuna estimada em US$1,7 bilhão, advinda de sua carreira como cantora e sua marca Fenty Beauty, a qual tem se dedicado muito nos últimos anos.

Qual a modelo mais rica do mundo? 

Segundo a Forbes, em sua última edição com a lista das modelos mais ricas do mundo, Kendall Jenner conseguiu ultrapassar Gisele Bündchen e se tornou a modelo mais bem paga do universo da moda em 2017, com uma fortuna estimada em US$ 22 milhões.

Com contratos milionários com marcas como La Perla, Adidas e Estée Lauder, Jenner conta com mais de 85 milhões de seguidores no Instagram e aproveita a popularidade alcançada com o reality da família “Keeping Up with the Kardashians” para fazer ainda mais publicidade.

Abaixo, a última lista divulgada sobre os patrimônios das modelos mais bem pagas do mundo:

1. Kendall Jenner – US$ 22 milhões;

2. Gisele Bündchen – US$ 17,5 milhões;

3. Chrissy Teigen – US$ 13,5 milhões;

4. Adriana Lima – US$ 10,5 milhões;

5. Gigi Hadid – US$ 9,5 milhões / Rosie Huntington-Whiteley – US$ 9,5 milhões;

7. Karlie Kloss – US$ 9 milhões;

8. Liu Wen – US$ 6,5 milhões;

9. Bella Hadid – US$ 6 milhões;

10. Ashley Graham – US $5,5 milhões.

Mulher negra mais rica do mundo

Com um patrimônio estimado em 2,7 bilhões de dólares, a mulher negra mais rica do mundo não é, simplesmente, a detentora de uma grande fortuna. É, também, uma das mulheres mais famosas e influentes do mundo. Estamos falando de Oprah Winfrey!

Oprah é um exemplo de superação, coragem e força, e a história que a levou a ser, hoje, dona da própria produção e estúdio de TV (Harpo Studios Productions) é realmente emocionante e inspiradora.

Oprah nasceu em 1954, filha de pais solteiros e foi criada por sua avó até os seis anos, quando foi morar com sua mãe em Milwaukee, onde foi abusada sexualmente por homens da confiança de sua família, por cerca de 5 anos.

Os traumas causados pelo abuso fizeram com que Oprah fugisse de casa e começasse a se envolver com drogas e péssimas companhias, até que foi encaminhada para a casa de seu pai, em Nashville.

Seu pai era uma pessoa severa e não permitiu que Oprah voltasse para a escola, fazendo com que suas chances de ter uma carreira profissional ficassem ainda mais limitadas. Mas nada disso impediu que, aos 12 anos, Oprah fosse convidada para fazer um discurso, que a remunerou em U$500 (um valor bem considerável, até hoje).

Naquele momento, a paixão por falar se estabelecia, e com 16 anos, Winfrey ganhou um concurso de palestras que lhe contemplou com uma bolsa integral para estudar na Tennessee State University. Lá, ganhou dois concursos de beleza que a alavancaram para o universo dos talk shows e deram o start em sua carreira.

Depois da formatura no Tennessee, Oprah Winfrey se tornou apresentadora de um jornal de Baltimore, Maryland, começando o que se tornaria uma carreira sólida e ascendente, que nunca mais seria interrompida.

Em 1977, Oprah foi convidada para co-apresentar, com Richard Sher, o talk show “Baltimore está falando”. Foram 7 anos de shows em que Oprah construiu e reforçou sua autoestima e confiança, tornando-se uma estrela do universo da televisão.

Em 1984, Oprah passou a apresentar o “AM Chicago”, um programa matinal de TV que já não estava fazendo tanto sucesso. Porém, desde que Winfrey assumiu a dianteira nas telas, a audiência se elevou de forma tão grande que o programa foi renomeado, passando a se chamar “The Oprah Winfrey Show”. 

O próximo passo na carreira de Oprah foi iniciar sua própria produtora, a Harpo Studios Productions, onde conseguiu negociar acordos estratégicos que a fizeram se tornar a mulher negra mais rica e famosa do mundo, e a primeira bilionária afro-americana.

Além da grande fortuna, Oprah Winfrey se tornou uma das 100 pessoas mais influentes do século XX, segundo a Time Magazine, e foi premiada pela National Academy of Television Arts and Sciences pelo conjunto de sua obra. Em 1999, recebeu uma medalha de ouro da National Books Foundation, como agradecimento aos seus serviços prestados a livros e autores.

Conclusão

Neste conteúdo você teve a oportunidade de conhecer algumas das mulheres mais ricas e influentes do mundo, e entender como cada uma delas obteve seus patrimônios bilionários.

Como você deve ter notado, a lista das poderosas ainda é bastante desigual em diversos aspectos, tanto pela questão étnico-racial quanto pela dificuldade que mulheres que nunca foram contempladas por uma herança encontram para chegar a fortunas tão volumosas.

Além disso, grande parte das mulheres mais ricas do mundo ainda fica em posições muito distantes do topo do ranking quando nomes masculinos se misturam à lista, mostrando que ainda é muito mais complexo para as mulheres alcançarem grandes posições de prestígio e fortuna na sociedade.

Qual sua opinião sobre isso? Você já sabia que a mulher mais rica do mundo é a herdeira da L’oreal? Já conhecia a brilhante história de Oprah?

Compartilhe esse conteúdo e seu comentário nas redes sociais!

Tabela de Conteúdos